quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

IBGE: quase 15% dos trabalhadores potiguares estão desempregados

A taxa de desemprego cresceu no Rio Grande do Norte – é o que apontam dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgados nesta quinta-feira (23). Em dezembro de 2016, o estado tinha 225 mil pessoas desempregadas, o que representa 14,7% da força de trabalho potiguar.

A porcentagem de pessoas desocupadas é maior do que a registrada no mesmo período de 2015, 12,2%, e coloca o Rio Grande do Norte acima da média nacional, que é de 12%, e da nordestina, de 14,4%. Os resultados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, realizada mensalmente pelo IBGE.
Segundo Cimar Azeredo, coordenador da pesquisa, o aumento da desocupação é uma tendência em todo o país. "A taxa de desocupação subiu em praticamente todos os grupos regionais, em quase todos os estados, em quase todas as regiões metropolitanas. Além da desocupação, o contingente de pessoas subutilizadas também aumentou", disse.
Menos carteiras assinadas
Os dados do IBGE mostram que o número de trabalhadores do setor privado com carteira assinada caiu de 414 mil para 394 mil, uma diferença de 20 mil. Enquanto isso, o número dos sem carteira subiu de 187 mil para 199 mil, 6 mil a mais. Também caiu o número de funcionários públicos, de empregadores e de pessoas que trabalham por conta própria ou em família.
Cortes no comércio
O comércio é o setor que mais emprega no estado, com 296 mil postos de trabalho, e foi também o que demitiu mais de dezembro de 2015 até o mesmo mês do ano seguinte: 17 mil pessoas. O setor de alojamento e alimentação teve a maior retração, com 14 mil demissões. Já a indústria contratou 6 mil pessoas ao longo do ano.
Desemprego na capital
Em Natal, o salto na taxa de desemprego foi ainda maior que a média do estado. A porcentagem de desocupados, que em dezembro de 2015 era de 11,6%, subiu para 15,4% no mesmo mês do ano seguinte. Por outro lado, a média do rendimento das pessoas ocupadas cresceu de R$ 2.332 para R$ 2.395, aumento que ficou abaixo da inflação.
Do G1RN

Veículo explode enquanto abastecia Gás Natural em Posto de Currais Novos

Por volta das 13 horas dessa quinta (23/02) um grave acidente tipo explosão foi registrado em um posto de combustíveis localizado na av. Dr. Sílvio Bezerra de Melo em Currais Novos, onde um veículo que abastecia com gás natural explodiu e destruiu o próprio veículo, parte da cobertura e o piso do posto. Uma loja de veículos vizinho ao posto chegou a ser atingida por destroços.
A Polícia Militar deslocou uma viatura para ajudar no isolamento do local.
Apesar da gravidade do acidente nem o dono do carro e nem funcionários se feriram.
J Júnior/Adailson Carlos

Após 'sofisticação de crimes', Polícia Civil cria núcleo especial no RN

Núcleo vai investigar cinco tipos de crimes
(Foto: Victor Lyra/G1)
A Polícia Civil criou o Núcleo Especial de Investigação Criminal (Neic) para investigar crimes praticados por organizações criminosas, crimes contra o patrimônio público, crimes econômicos, crimes tributários e os praticados por agentes públicos. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (23).
De acordo com a publicação, a criação do núcleo acontece depois da “evidente sofisticação dos crimes e a crescente complexidade das ações criminosas ensejam a criação de setores especializados para o intercâmbio de informações, planejamento e desenvolvimento de ações integradas e conjuntas com outros órgãos e instituições”. 


O núcleo deve atuar junto à Célula Integrada de Investigação Interinstitucional e será chefiado por um Delegado de Polícia Civil de carreira designado pelo Delegado-Geral.

A decisão também ressalta que o núcleo tem como finalidade o desenvolvimento de projetos e ações de interesse comum, voltados para o treinamento de recursos humanos, desenvolvimento e compartilhamento de tecnologias e informações, bem como o planejamento e desenvolvimento institucional no que concerne à implementação de ações integradas de Segurança Pública.
Do: G1RN

Com morte cerebral, jovem é mantida viva no Paraná para dar à luz gêmeos

Jovem tinha 21 anos e estava no segundo mês de gestação
quando teve hemorragia cerebral
(Foto: Reprodução/Facebook)
Frankielen da Silva Zampoli tinha 21 anos e estava grávida de gêmeos quando teve uma hemorragia cerebral. A família e os médicos do Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo, na Região de Curitiba, decidiram mantê-la viva, mesmo depois da morte cerebral, para salvar os dois bebês. Deu certo: os bebês nasceram na segunda-feira (20).

Foram 123 dias de uma batalha pela vida. De carinho, de dedicação, de acreditar no que parecia impossível. Frankielen chegou ao hospital com uma hemorragia grave no cérebro. Três dias depois, os médicos constataram a morte cerebral.
A jovem não tinha mais chances de viver, mas, dentro dela, batiam mais dois corações: o de Azaphi e o de Ana Vitória. A gestação estava apenas começando, no segundo mês. A equipe médica tinha, então, o desafio de manter o corpo da mãe funcionando para que os dois bebês pudessem se desenvolver.
"Nós precisávamos manter a pressão adequada da mãe, a oxigenação adequada e manter todo o suporte hormonal e nutricional dela", explica o médico Dalton Rivabem.
Cada minuto, cada avanço, cada resposta: foi uma gravidez monitorada 24 horas por dia e comemorada nos detalhes por médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas e outros profissionais da saúde.
Frankielen foi atendida pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Entre os cuidados, estava uma ecografia todos os dias. O principal desafio, contam os médicos, era a de fazer com que os bebês sentissem o afeto que a mãe não podia dar. Para isso, família e equipe acariciavam a barriga, conversavam e cantavam para os bebês.
"Nós trouxemos canções para as crianças: canções de crianças, canções improvisadas, canções que nós fizemos exclusivamente para elas. A UTI ficou cheia de músicas de amor e afeto", conta a capelã e musicoterapeuta Érika Checan.

Foi no hospital, cercada de carinho, que Frankielen ficou durante os sete meses de gravidez e até os médicos não poderem mais esperar. Os bebês nasceram com a saúde compatível com a de prematuros dessa idade.
"A gente nunca se prepara para perder um filho. A dor de perder um filho é muito grande. Para uma mãe, é a pior dor. Ela foi guerreira até depois da morte, conseguiu dar vida aos filhos dela. Vê-los, agora, é lindo", diz a mãe de Frankielen, Ângela Silva.
Hoje, os bebês ficam isolados porque precisam de muitos cuidados, principalmente por causa do risco de infecção. Ana Vitória, que nasceu com um 1,4 quilo, é um pouquinho maior do que o irmão Azaphi, que veio ao mundo com 1,3 quilo.
Para o pai e a avó dos irmãos, a hora mais importante do dia é o momento da visita aos bebês. É um encontro especial, de olhares apaixonados, de preencher o coração machucado. Os médicos avaliam que ainda é cedo para arriscar dizer como eles vão se desenvolver e se ficou alguma sequela.
Porém, o histórico deles, certamente, aponta para a superação. "Foi um momento, para mim, muito bom, de muita felicidade, dia após dia. Lá dentro, a felicidade transborda, dá ânimo de vida na gente, né?! Não tem preço, sabe. A força vem deles muito pra minha vida. Da minha esposa, vai ficar a saudade e o aprendizado", explica o pai das crianças, Muriel Padilha.
Após o nascimento dos bebês, a família decidiu doar os órgãos de Frankielen. O corpo dela está sendo velada na manhã desta quarta-feira (22) e deve ser enterrado ainda nesta tarde, em Contenda, na Região Metropolitana de Curitiba.
Quer saber mais notícias do estado?
Do:G1Paraná

TJRN bloqueia R$ 792 mil de 11 municípios devedores de precatórios

Foto:Divulgação
A Divisão de Precatórios do TJRN, em seu primeiro mês de atividades neste ano, realizou o bloqueio de valores em contas de onze municípios inseridos no regime especial de pagamento de precatórios, e que estavam inadimplentes nos repasses mensais do ano de 2016.
Ao todo foram bloqueados um total de R$ 792 mil em contas dos municípios de Almino Afonso, Angicos, Caiçara do Rio dos Ventos, Ceará-Mirim, Ipanguaçu, Jardim de Piranhas, Paraú, Pedro Avelino, Ruy Barbosa, São Tomé e Tibau. Com a medida, a Divisão de Precatórios poderá dar continuidade ao pagamento dos credores dos referidos munciípios e que estavam paralisados em virtude da falta de repasse regular dessas verbas.
Segundo o juiz coordenador da Divisão, João Pordeus, a análise da situação de cada município devedor em relação aos repasses do ano de 2016, bem como o aprimoramento dos meios de acompanhamento dos depósitos desses valores por cada ente devedor, vem recebendo atenção especial nesse início de gestão. Isto, como forma de possibilitar maior eficácia e rapidez na instauração do Processo Administrativo de Sequestro visando as medidas necessárias para a quitação dos débitos existentes e que eventualmente venham a ocorrer durante do ano de 2017.
O sequestro, medida prevista pela Constituição Federal, deve ser instaurado em face de ente público que não inclui em seu orçamento os valores atinentes aos precatórios expedidos (não alocação orçamentária), ou quando o faz, não promove o devido repasse de tais quantias (liberação de recursos dentro do prazo estipulado), até o final do exercício seguinte, no caso do regime geral, e das parcelas mensais, em se tratando do regime especial.
TJRN

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Polícia localiza esconderijo de quadrilha que explodiu Banco do Brasil de Santana do Matos e apreende veículos e vasto material

Dois carros e uma moto foram apreendidos no sítio.
A suspeita é que eles sejam clonados
Após o confronto com membros da quadrilha que explodiu o Banco de Brasil de Santana do Matos, a Polícia Militar continuou em diligências e conseguiu localizar o local onde o grupo se alojou antes e, provavelmente, se alojaria depois da ação criminosa.
O local é conhecido como Sítio “Ponta da Serra”, e se localiza entre as Cidades de Jucurutu e São Rafael. Os Bandidos se esconderam por trás da parede de um açude, em baixo de um pé de manga. O local é muito estratégico para se esconder e até mesmo para uma reação a uma possível investida da Polícia, pois, além da parede do açude para se abrigar, eles estavam rodeados de várias pedras grandes (serrotes), que também são ótimas opções para se defender de tiros e reagir.
No local, os Policiais encontraram vasto material explosivo, coletes a prova de bala, além de três veículos: um ford Ka, de cor branca, placa QGG-1732, Parnamirim/RN; uma Pick up Ford Ranger, de cor branca, placa OWB – 2435, Natal/RN; uma moto Honda XRE 300, Parnamirim/RN.
Várias bananas de dinamite e coletes balísticos
foram deixados pela quadrilha
Feita a consulta no Sinesp, verificou-se que todos os veículos apreendidos  não têm restrição alguma, por isso, acredita-se na possibilidade de serem todos clonados. A Polícia Civil esteve no local e colheu dados para a perícia. Equipes do BOPE também deu apoio à operação, como também recolher os explosivos com segurança, tendo em vista que muitos já estavam prontos para explodirem.

O proprietário da Fazenda “Ponta da Serra” foi identificado e é suspeito de ter dado apoio ao grupo criminoso. Quase todo o material apreendido foi  encontrado por trás da parede do açude, exceto a moto, que estava no alpendre da casa.
Até agora ninguém foi preso, mas a Polícia continua em diligências.
Alguns coletes podem ter sido roubados de vigilantes.
Algumas capas são de uma empresa de vigilância
Blog PM Jucurutu

Primeiro eclipse solar de 2017 será visto parcialmente no RN


O primeiro eclipse solar do ano acontece na manhã do dia 26 de fevereiro e pode ser visto – parcialmente - entre as 9h e 12h (horário de Brasília) na maioria dos estados do Brasil, inclusive no Rio Grande do Norte.

Na imagem abaixo, publicada no site da Nasa, todas as regiões compreendidas pelo grande circulo escuro poderão observar o eclipse parcialmente. Só poderá observar a totalidade do eclipse quem estiver em uma das regiões que será atravessada pelo pequeno ponto vermelho, bem no centro do círculo maior.
Trajetória do Eclipse Solar em 26 de fevereiro de 2017.
Créditos: A.T. Sinclair / NASA

Nas regiões do planeta onde o  fenômeno será total, vai provocar cerca um minuto e quatro segundos de "escuridão" total.

No Brasil, as únicas capitais que não conseguirão observar o fenômeno são Manaus, São Luís, Belém, Porto Velho, Rio Branco, Boa Vista e Macapá.

No momento, a Lua vai se posicionar entre o Sol e a Terra, bloqueando o sol e formando a imagem de um anel de luz. O último eclipse solar aconteceu em setembro do ano passado.

Em 2017, ainda teremos mais dois eclipses solares, um deles em 21 de agosto, e uma superlua em dezembro.

Durante a observação, alerta-se sobre a necessidade de cuidados e proteção ao olhar diretamente para o Sol, por existirem riscos de comprometimento da visão.
Por: Tribuna do Norte